“O Agronegócio será o maior beneficiário com o 5G,” diz ministro das Comunicações Fábio Faria
17 de março de 2021
Canadá reduziria as importações de carne bovina em 12% em 2021
17 de março de 2021

Carne bovina: com restrições mais rígidas, mercado atacadista segue sem perspectivas

Com a piora do cenário brasileiro frente a contaminação pela Covid-19, as medidas restritivas endureceram em grande parte do território brasileiro, destaque para o estado de São Paulo, principal centro consumidor do país. Em algumas cidades do interior paulista até mesmo as redes de supermercados só irão funcionar via delivery.

Com isso, o clima de incertezas paira no ar, a terça-feira encerrou com a paralisação das compras no mercado atacadista de carne bovina, sem perspectivas de grandes alterações no curtíssimo prazo.

Em contrapartida, com os preços do dólar nas alturas e o mercado externo firme, a arroba do boi gordo segue pressionada positivamente. O dia encerrou com a moeda valendo R$ 5,62, dando sustentação às cotações do animal. A escassez de oferta insiste em continuar, além disso, a melhora das pastagens abre uma janela para permanência dos animais nas propriedades, o que reduz as negociações. Na B3, o contrato com vencimento para maio/21 finalizou o dia cotado a R$ 307,65 por arroba, obtendo valorização diária de 0,07%.

Fonte: Canal Rural.

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress