Balizador de preços do boi gordo GPB/DATAGRO – Boletim de 04-abril-2024
5 de abril de 2024
Exportações de carne bovina cresceram 25% no primeiro trimestre
5 de abril de 2024

Começa transição do El Niño para La Niña

O processo de transição do fenômeno El Niño para o La Niña já começou, informa a consultoria climática Metsul. O mês de abril iniciou com condições de El Niño ainda presentes no Oceano Pacífico Equatorial, mas o aquecimento da faixa equatorial do maior oceano mundial, que teve início em junho passado, está com os dias contados.

Segundo a Metsul, o El Niño enfraquece de forma gradual desde o começo do ano e a tendência é que o evento do fenômeno de 2023/24 chegue ao fim nas próximas semanas, no mais tardar em meados de maio.

Conforme o último boletim semanal da Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera (NOAA), a agência de tempo e clima do governo dos Estados Unidos, a anomalia de temperatura da superfície do mar na chamada região Niño 3.4, no Pacifico Equatorial Centro-Leste, estava em 1ºC. Essa é a região designada oficialmente para se verificar se há El Niño ou La Niña. O valor de 1ºC significa ainda um estado de El Niño presente no limite de fraco a moderado.

Já na região do Pacífico Equatorial Leste, nos litorais do Peru e do Equador, conhecida como Niño 1+2, a temperatura do mar já está mais fria do que a média: -0,4ºC. Segundo a Metsul, na prática, isso é um indicativo de que águas mais frias das profundezas do Pacífico começaram a emergir na superfície, dando início ao processo que deve levar a um evento de La Niña.

Conforme a Metsul, há muita água mais fria do que a média na subsuperfície que vai alcançar a superfície do oceano no decorrer deste outono, formando uma “língua” de águas mais frias do que a média na faixa equatorial, levando muito provavelmente a um evento de La Niña a partir da metade de 2024.

Entre o El Niño, perto do fim, e a La Niña, que se projeta para o segundo semestre, haverá um curto período de transição, conhecido como fase neutra ou de neutralidade, na segunda metade deste outono e eventualmente avançando até o começo do inverno. Conforme a mais recente estimativa da NOAA, há uma probabilidade de 83% de que o El Niño chegue ao fim e o Pacífico Equatorial evolua para uma condição de neutralidade agora no trimestre de abril a junho que vai marcar o outono.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress