Balizador de preços do boi gordo GPB/DATAGRO – Boletim de 07-junho-2024
10 de junho de 2024
Exportações brasileiras de carne bovina batem novo recorde em maio
10 de junho de 2024

Cotação da arroba bovina termina semana pressionada

O preço do boi gordo encerrou mais uma semana em queda, influenciado pelo forte ritmo de escoamento de gado e ampla oferta. Em São Paulo, a cotação bruta fechou em R$ 217 por arroba a prazo nesta sexta-feira (7/6), de acordo com levantamento da Scot Consultoria. Trata-se de uma redução de R$ 5 por arroba na semana ou 2,25%.

Na comparação com o dia anterior, houve estabilidade. “De acordo com a característica típica da sexta-feira, o mercado do boi está lento hoje. Após as quedas registradas durante a semana e com as escalas de abate bem preenchidas, as cotações permaneceram estáveis na comparação diária”, disse a consultoria em relatório.

No curto prazo, a oferta de boiadas tende a seguir dando o tom dos preços do gado no mercado físico, à medida que o clima frio e seco dificulta a manutenção dos animais no pasto, devido à má qualidade do capim.

Felipe Fabbri, analista de mercado da Scot, destacou em análise que a exportação de carne bovina está sendo uma boa válvula de escape neste momento de maior oferta de boiadas. Dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) indicam que maio foi o segundo mês consecutivo de recorde no volume exportado, com 240.622 toneladas.

Por outro lado, o mercado segue na expectativa de entender como será o desempenho do consumo doméstico da proteína. “O começo do mês poderá colaborar com o escoamento de estoques e diminuir a pressão baixista, principalmente pela carne bovina começar junho mais competitiva frente a seus pares no mercado atacadista”, afirmou o analista.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress