Preço do boi gordo na B3 chega ao menor nível desde agosto de 2023
29 de fevereiro de 2024
Recuperação de pastagens deve priorizar áreas perto de frigoríficos na Amazônia, diz estudo
1 de março de 2024

Marfrig fará oferta de R$ 1,875 bilhão em CRA

O conselho de administração da Marfrig aprovou nesta quinta-feira (29/2) a oferta de R$ 1,875 bilhão em certificados de recebíveis do agronegócio (CRA) lastreados em debêntures com o mesmo valor.

A captação será usada para a compra de bovinos até a data de vencimento dos certificados. Por vedação legal, não poderão ser feitas aquisições de animais de partes relacionadas, como do controlador Marcos Molina, um dos maiores pecuaristas do Brasil.

A emissão dos CRAs será feita em até três séries, e o valor da primeira série será de até R$ 450 milhões. Não foram definidos valores mínimos nem máximos para as segunda e terceira séries.

O valor mínimo de emissão das debêntures será de R$ 1,5 bilhão. Se a demanda pelos CRAs for menor, o valor dos CRAs será ajustado.

Para a emissão de primeira série, o prazo de emissão será de cinco anos, com taxa máxima CDI+0,95%; para a segunda série, o prazo da emissão será de sete anos com taxa máxima CDI+0,85%; para a terceira série, o prazo será de dez anos, sendo que a taxa máxima deverá ser IPCA+0,95% ou 6,6%. As taxas ainda serão definidas em bookbuilding.

A Ecoagro será a securitizadora da emissão de CRA, e a assessoria financeira será do J. Safra.

Fonte: Globo Rural.

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress