RS: Maior preocupação na criação de gado é perda de pastagem
28 de junho de 2024
Balizador de preços do boi gordo GPB/DATAGRO – Boletim de 28-junho-2024
1 de julho de 2024

Preço do boi gordo fica estável, com possibilidade de alta no curto prazo

A arroba bovina ficou estável nesta quinta-feira (27/6), porém com fundamentos que começam a sinalizar um ambiente mais positivo para os preços. As programações de abate dos frigoríficos vêm diminuindo, embora ainda estejam em um patamar confortável para a indústria.

Em São Paulo, o preço bruto do boi gordo permaneceu em R$ 220 por arroba a prazo, na variação diária, de acordo com levantamento da Scot Consultoria. “A expectativa do mercado é de estabilidade à alta”, informaram os analistas em relatório.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os agentes do mercado estão em busca de valores que se ajustem melhor às condições atuais de oferta.

“A oferta de animais a pasto para abate diminuiu consideravelmente, ao mesmo tempo em que aumentam os lotes de confinamento no preenchimento das escalas”, disse o Cepea em nota.

Daqui pra frente, a recomendação do Cepea é que sejam analisadas, além das estimativas de volumes confinados, as previsões climáticas e a tendência das exportações.

“O inverno terá influência do La Niña, com tempo seco e temperaturas acima da média previstas tanto para o Sudeste quanto para o Centro-Oeste. A oferta de pastagens, portanto, deverá ser escassa” , ressaltou. “Os embarques, por sua vez, costumam se intensificar no segundo semestre, e, neste ano, além dos sucessivos recordes dos últimos meses, a valorização recente do dólar deve manter as vendas de carne brasileira em patamares elevados”, acrescentou.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress