União Europeia espera mais ação e qualidade em práticas de bem-estar animal
12 de junho de 2024
China não é mais o principal destino da carne bovina uruguaia
13 de junho de 2024

Preço do boi gordo fica estável na maioria do país

Apesar da oferta ainda ampla de animais disponíveis para abate, a arroba bovina conseguiu se sustentar sem queda por mais um dia. Entre as 32 regiões de produção pecuária do país avaliadas pela Scot Consultoria nesta terça-feira (11/6), a cotação ficou estável em 26, ou seja, na maioria delas.

Em Barretos (SP) e Araçatuba (SP), referências para São Paulo, o preço do boi gordo permaneceu em R$ 217 por arroba a prazo, mesmo patamar do dia anterior.

Das quatro “praças” mensuradas em Mato Grosso, houve estabilidade em três, com preços entre R$ 205 e R$ 208 por arroba. Somente em Cuiabá (MT) houve queda para R$ 207 por arroba.

Relatório do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostra que os abates do Estado tiveram recorde em maio. Ao todo, foram abatidas 627,49 mil cabeças, o maior volume de animais enviados para o “gancho” em um mês em Mato Grosso.

“No entanto, o que fugiu do ‘padrão’ do período foi o volume de fêmeas abatidas. Os pecuaristas reduziram o ímpeto de abater fêmeas e, pela primeira vez desde 2018, o volume de fêmeas abatidas em maio foi menor que em abril”, pontuou o Imea, citando recuo de 6,03% no volume de matrizes abatido em relação a abril.

Assim, a participação de fêmeas nos abates também diminuiu, e passou para 51,49%, saindo do patamar acima de 55% dos últimos três meses.

“Apesar do volume abatido ainda estar elevado, esses dados mostram uma possível ‘redução’ na intensidade dos abates de fêmeas. A tendência no curto prazo é de uma redução gradual na participação das fêmeas nos abates”, disse o instituto.

Sobre a carne bovina, a consultoria Agrifatto destacou em nota que o mercado doméstico demonstra movimentações consistentes na ponta consumidora neste início de mês, os pedidos de reposição de estoque aumentaram e as distribuições da proteína com osso no atacado também.

Ainda assim, as carcaças casada do boi castrado e inteiro estão cotadas a R$ 15,00 por quilo e R$ 14,00 por quilo, respectivamente, sem variações no comparativo diário.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress