Ministro britânico reafirma necessidade de sacrificar o gado
9 de abril de 2001
Defensores e críticos da vacinação voltam a se confrontar em debate
11 de abril de 2001

Austrália mantém rígido controle de inspeção nos aeroportos

Os controles de quarentena em todos os aeroportos na Austrália continuam a ser aprimorados para garantir a melhor proteção contra a entrada da febre aftosa, disse o Ministro da Agricultura do país, Warren Truss. “Num esforço contínuo de reforçar o controle rígido nas fronteiras, os Oficiais de Quarentena estão dando grande ênfase na explicação aos passageiros que chegam ao país sobre o motivo pelo qual eles devem, ou não, passar por uma inspeção, ou pelo tratamento de suas posses”, disse Truss.

A decisão sobre a orientação é feita pelos oficiais australianos, baseada no perfil do passageiro e em outras avaliações com base no treinamento que os oficiais receberam. Caso algum passageiro que chegue aos aeroportos do país, esteja particularmente preocupado com o risco que possa estar transmitindo, é estimulado pelos oficiais a solicitar uma inspeção completa de seus bens.

Com relação aos produtores ou funcionários de propriedades rurais, todos eles são automaticamente orientados para que sejam inspecionados, obrigatoriamente.

As alterações nos aeroportos da Austrália foram determinadas pelo Australian Quarantine and Inspection Service (AQIS), em resposta às preocupações de algumas pessoas que temiam não estarem sendo inspecionadas como deveriam, constituindo dessa forma, um risco.

“O AQIS e o Governo da Austrália estão promovendo fortes controles das fronteiras, através de um processo o mais transparente possível, embora, em alguns locais, essas atividades precisem ser secretas”, disse Truss. “Até o final dessa semana, os passageiros que trabalham em propriedades rurais de países com febre aftosa, que chegarem nos aeroportos da Austrália, deverão passar por algumas etapas de observação, incluindo a lavagem de suas roupas e a necessidade de ficarem por pelo menos sete dias longe de animais suscetíveis à febre aftosa. Além disso, permanece a inspeção obrigatória das roupas e bagagens, antes da pessoa deixar o aeroporto”.

Truss disse também que os australianos que deixarem o país até o final dessa semana passarão por inspeções, quando retornarem de países com casos de febre aftosa”.

fonte: ABARE, por Equipe BeefPoint

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress