Fim da aftosa libera mais de 200 mil cabeças de gado em MS
17 de janeiro de 2001
Argentina faz campanha de carne bovina
19 de janeiro de 2001

Carne do Mercosul volta ao Canadá

O embargo canadense sobre a carne Argentina foi oficialmente suspenso ontem e o mesmo era esperado para o caso uruguaio, informou ontem Lou Skrinar, do programa de importação de carne da Agência Canadense de Inspeção de Alimentos (CFIA), segundo publicado hoje no Valor Online. Em 11 de janeiro, a CFIA já havia enviado à Argentina as exigências necessárias para a suspensão.

Antes de ter as suas exportações proibidas, Uruguai e Argentina – que só recentemente recebeu permissão para embarcar carne bovina vacinada com destino ao Canadá – ultrapassaram a Austrália como maiores exportadoras de carne para o Canadá. Em 1999, os canadenses importaram 14 mil toneladas do Uruguai e 11 mil da Argentina.

Skrinar também informou que era esperado o fim do embargo contra o Uruguai, já que só faltavam alguns detalhes a serem esclarecidos. “Estamos tentando eliminar as dificuldades com os detalhes. É preciso ter documentos devidamente preenchidos”.

O Canadá impôs um embargo sobre as importações de carne da Argentina em agosto, em virtude da eclosão de febre aftosa no país. Ela decretou um embargo semelhante sobre a carne do Uruguai em outubro.

A febre aftosa é motivo de preocupação para os produtores, pois se caracteriza por uma alta taxa de mortalidade entre os animais jovens. Na maioria dos países, os animais contaminados pela aftosa são sacrificados, devido à natureza contagiosa da doença. O Canadá não registra qualquer caso da doença desde os anos 50.

fonte: Valor Online

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress