RS instala mais postos de vigilância sanitária na fronteira com a Argentina
1 de março de 2001
Argentina anuncia investimentos de US$ 22 mi para combater aftosa
5 de março de 2001

Escócia registra primeira ocorrência de febre aftosa

Depois da Irlanda do Norte, foi a vez da Escócia identificar, ontem, dois casos de febre aftosa, elevando para 29 o número de ocorrências no Reino Unido. Para o Deutsche Bank, o PIB da região deverá cair 0,1% em decorrência do surgimento da doença. A última crise de aftosa no Reino Unido havia sido em 1967, quando foram registrados 2,3 mil casos.

Para o sindicato que reúne os produtores britânicos, a disseminação do mal deverá custar cerca de US$ 1 bilhão se uma solução não for encontrada em três meses. Isso, segundo os produtores, fará grande pressão sobre os preços das carnes bovina, suína e ovina. Até ontem, aproximadamente 2,2 mil bovinos, 17 mil ovelhas e 1,4 mil suínos foram sacrificados no Reino Unido.

Também ontem, a Bélgica começou a sacrificar animais importados do Reino Unido. Outros países, como a Alemanha, vêm fazendo o mesmo. Portugal e Espanha, por sua vez, aumentaram a fiscalização em suas fronteiras. Os portugueses estão desinfectando inclusive os sapatos dos passageiros que desembarcam nos aeroportos do país. Já os espanhóis decidiram limitar ainda mais o trânsito de animais.

fonte: Valor Online

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress