Maio será mês de preços mais baixos da arroba do boi
7 de maio de 2024

Flórida se torna o primeiro estado a proibir a venda de carne cultivada em laboratório

O primeiro projeto de lei que proíbe a carne cultivada em laboratório foi sancionado pelo governador Ron DeSantis da Flórida em 1º de maio. De acordo com o SB 1084, o projeto de lei proíbe a fabricação para venda, venda, posse ou oferta para venda, ou distribuição de carne cultivada no estado.

Em uma coletiva de imprensa no condado de Hardee, que é um dos cinco principais condados produtores de gado do estado, o governador falou sobre a importância de apoiar as economias rurais e a agricultura.

“Estamos lutando contra uma ideologia que, em última análise, quer eliminar a produção de carne nos EUA e em todo o mundo”, disse DeSantis. “No estado da Flórida, deixamos bem claro que estamos do lado da agricultura. Estamos ao lado dos criadores de gado. Estamos ao lado de nossos fazendeiros porque entendemos que isso é importante para a espinha dorsal do estado. É importante para a nossa cultura. É importante para o nosso patrimônio, portanto, o projeto de lei que assinarei hoje dirá basicamente que levem sua carne falsa, produzida em laboratório, para outro lugar. Não estamos fazendo isso no estado da Flórida”.

Junto com o governador durante a conferência estavam Wilton Simpson, comissário de agricultura; Dale Carlton, presidente eleito da Associação de Pecuaristas da Flórida; Pat Durden, presidente da Associação de Pecuaristas da Flórida; e o senador Jay Collins, que trabalhou no projeto de lei.

Em seu discurso, Simpson disse que segurança alimentar é segurança nacional.

“Nem sempre chega ao nível de segurança nacional, mas pense que se não houvesse mantimentos por uma semana no supermercado, haveria um caos total no país, e se isso não é segurança nacional, não sei o que é”, disse ele. “Levantamos todos os dias pensando em como podemos ter os alimentos mais seguros, acessíveis e abundantes em qualquer lugar do mundo, e a Flórida fará sua parte no cultivo desse produto. Trabalhamos arduamente todos os dias para dar aos nossos agricultores as ferramentas de que precisam para realizar essas coisas.”

Ambos os pecuaristas expressaram seu agradecimento ao governador e ao legislativo por protegerem o setor pecuário da Flórida ao assinarem esse projeto de lei.

Há um debate contínuo em todo o país com relação aos produtos de carne cultivada. Atualmente, a carne cultivada em laboratório só é aprovada para venda nos EUA e em Singapura. A Itália foi o primeiro país da UE a proibir a carne cultivada em laboratório, uma decisão tomada em fevereiro de 2024.

Fonte: Drovers, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress