Holanda detecta aftosa em duas fazendas
22 de março de 2001
Abate de rebanho europeu valoriza o couro brasileiro
26 de março de 2001

Fronteira entre RS e Argentina terá reforço do Exército

O ministro da Agricultura, Marcus Vinícius Pratini de Moraes, encaminhou ontem ao presidente Fernando Henrique Cardoso um pedido de reforço do Exército no patrulhamento de quatro pontos considerados críticos na fronteira entre o Rio Grande do Sul e a Argentina. Com a ação, o Exército pretende impedir a entrada de gado e produtos de origem animal contrabandeados da Argentina, país que já registra 25 focos de febre aftosa.

O Exército fará hoje uma ação de controle, estabelecendo a melhor estratégia a ser empregada e iniciando o deslocamento de unidades militares para as zonas mais críticas. Neste fim de semana, a fiscalização será concentrada em Porto Mauá, Porto Soberbo, São Borja e Garruchos.

O secretário estadual da Agricultura, José Hermeto Hoffmann, pediu ao ministro da Agricultura para que seja retomada a imunização do gado gaúcho. Ele considera também a possibilidade de recorrer à Organização Internacional de Epizootias (OIE) para relatar a situação de risco no Estado.

Complementando o embargo à entrada de grãos e forrageiras argentinas, o governo uruguaio estabeleceu ontem nova medida preventiva contra o ingresso do vírus no país, proibindo agora a importação de frutas e verduras argentinas.

(Por Paulo Ricardo Fontoura, para Zero Hora/RS, 23/03/01)

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress