Exportação de carne bovina atinge volume recorde em abril
10 de maio de 2024
Emater/RS-Ascar adverte sobre riscos de zoonoses após enchentes
13 de maio de 2024

IBGE: Abate de bovinos sobe 24,1% no ano e 0,9% no trimestre

Os primeiros resultados da produção animal no 1º trimestre de 2024 apontam que, ante o mesmo período de 2023, o abate de bovinos cresceu 24,1%, o de frangos diminuiu 1,3% e o de suínos caiu 1,8%. Frente ao 4º trimestre de 2023, o abate de bovinos teve aumento de 0,9%, o de frangos subiu 4,0% e o de suínos diminuiu 1,6%.

No 1º trimestre de 2024, foram abatidas 9,24 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de inspeção sanitária. Essa quantidade representou uma alta de 24,1% em comparação com o 1º trimestre de 2023 e aumento de 0,9% em relação ao 4º trimestre de 2023.

A produção de 2,38 milhões de toneladas de carcaças bovinas no 1º trimestre de 2024 consistiu em um incremento de 23,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e retração de 2,1% em relação ao apurado no 4º trimestre de 2023.

Aquisição de couro aumenta 19,9% no ano e 1,6% no trimestre

Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro – aqueles que efetuam curtimento de pelo menos 5 000 unidades inteiras de couro cru bovino por ano – declararam ter recebido 9,32 milhões de peças inteiras de couro cru bovino no 1º trimestre de 2024. Essa quantidade representa um acréscimo de 19,9% em comparação à registrada no 1º trimestre de 2023 e aumento de 1,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Estatísticas Agropecuárias, Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, Pesquisa Trimestral do Leite, Pesquisa Trimestral do Couro e Produção de Ovos de Galinha. 
Notas: 1. Os dados do 1º trimestre de 2024 são referentes aos primeiros resultados das respectivas pesquisas.
2. Os primeiros resultados das pesquisas trimestrais da pecuária passaram a ser divulgados a partir do 1º trimestre de 2018 apenas no nível Brasil.  São dados prévios, que podem sofrer alterações até a divulgação dos resultados do trimestre de referência. 
3. Os dados do ano de 2024 são preliminares até a divulgação dos dados do 1º trimestre de 2025. 

Fonte: IBGE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress