O que avaliar para comparar um feno de qualidade. Parte 1 – Características Físicas
29 de setembro de 2000
A Europa contra ataca
13 de outubro de 2000

Inventário Inicial. 3. Levantamento do Rebanho

Caio Junqueira Filho

O levantamento do rebanho visa a obtenção de dados gerenciais. Com o objetivo de se estipular o período de gestão, determinamos uma data base.

O lançamento dos dados obtidos no campo é feito em planilhas, estratificando os animais de acordo com suas categorias, utilizando o conceito de ativo fixo e ativo circulante:

Ativos Circulantes –

São os animais, que dentro do sistema produtivo, estarão prontos para serem comercializados no período de um ano. Neste caso estão os animais C-3 (Peso vivo entre 300 e 390 kg) e C-4 (Peso vivo acima de 390 kg), num sistema produtivo de recria e engorda, as vacas de descarte, por estarem vazias, e as desmamas, num sistema produtivo de cria. Os ativos circulantes representam o valor bruto de produção.

Ativos Fixos –

São os animais que compõem o rebanho base da propriedade, onde estão inseridos os animais C-1 (desmama até peso vivo 210 kg), C-2 (peso vivo entre 210 e 300 kg) em sistemas de recria e engorda, e as vacas parideiras, os touros, e as novilhas de reposição, em sistemas de cria.

Outra vantagem da utilização dos ativos fixos e circulantes no levantamento do
rebanho, é na hora da elaboração do orçamento e planejamento do fluxo de caixa. Os ativos circulantes dão sustentabilidade para manutenção do fluxo de caixa positivo. É muito comum no diagnóstico inicial, encontrarmos fazendas sem planejamento e preocupação com o fluxo de caixa. O fluxo de caixa negativo gera altas contas de despesas, “encargos financeiros”, embora os pastos estejam carregados de animais “ativos circulantes”, capazes de serem transformados em moeda para tornar o fluxo de caixa positivo, evitando o pagamento de juros com empréstimos e cheque especial.

A planilha de bovinos contempla, além do número de animais, estratificado em ativos fixos e variáveis, a sua conversão em unidades animais (UA´s), importante forma de análise da base do rebanho, e seu preço de mercado, dados necessários para a elaboração do balanço patrimonial.

Planilha

Juntamente com o levantamento do rebanho, numa planilha semelhante, levantamos o gado de leite, a tropa, os carneiros e tudo mais que cause lotação nos pastos. Embora a tropa e o gado de leite sejam necessários, o excesso causa problemas de manejo. Como já citado anteriormente, o superdimensionamento acarreta gastos dispensáveis.

O sistema produtivo de pecuária de corte tem como característica o aproveitamento dos ganhos biológicos dos animais. O ganho biológico é o ganho que o animal tem pelo aumento de era (idade). O aproveitamento desses ganhos é muito interessante, pois o único insumo gasto para isto é o tempo. Se aliarmos a este ganho um bom manejo de pasto, manejo sanitário, reprodutivo e de suplementação, poderemos potencializar esse ganho biológico, fazendo o tempo trabalhar a nosso favor.

A análise de gestão visa extrair dos dados obtidos no campo respostas gerenciais capazes de dar sustentabilidade administrativa ao empreendimento.

Colaboração: Lucila C. Dias Junqueira e Carlos Heitor Sá Brito Carvalho

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress