Modelos para suporte de decisões: Parte 1 – definição e benefícios
10 de novembro de 2000
A Vaca Louca está de volta
24 de novembro de 2000

Inventário Inicial. 6. Inventário

Caio Junqueira Filho

Dando prosseguimento na segunda fase, os levantamentos de escritório, vamos falar sobre os funcionários.

Primeiro classificamos todos os funcionários em 3 categorias:

-Administrativa: É composta pelo pessoal de escritório, responsáveis pela parte burocrática da atividade e pelos gerentes, coordenadores operacionais da atividade.

-Mão de Obra Fixa: São os funcionários que tem perspectiva de trabalharem por mais de um ano. Sua função dentro da empresa é a execução operacional dos trabalhos coordenados pelos gerentes.

-Mão de Obra Variável: São os funcionários temporários, contratados para executar um determinado serviço. Também executam o operacional. Temos como exemplo os vaqueiros contratados para dar rodeio no gado na época da inseminação. Consideramos também como mão de obra variável, os empreiteiros (cerqueiros, pedreiros e etc) e os diaristas (chapas ou saqueiros dentre outros).

Figura 1

Podemos observar na planilha, que os funcionários estão divididos em funções e salários. Esta divisão é muito importante para a visualização do quadro funcional da propriedade e para o planejamento do orçamento anual.

Agrupando os funcionários numa só folha, podemos analisar a distribuição de cargos e salários e se são compatíveis com o serviço desenvolvido.

No planejamento do orçamento anual, além da previsão normal dos custos com funcionários fixos, fazemos as previsões de investimentos como empreitas para cercas ou construções e a necessidade de mão de obra eventual.

A distribuição anual de mão de obra na empresa rural deve ser estudada com cuidado, uma vez que ocorrem épocas de maior demanda. Nestas ocasiões a mão de obra disponível é insuficiente. O estudo da distribuição no planejamento anual é peça fundamental, pois mostra os pontos de estrangulamento e determina, com antecedência, a necessidade por período e por atividade.

Através do quadro funcional, planejamos as férias dos empregados, remanejando os mais aptos para funções adequadas, permitindo que o serviço seja realizado normalmente. Notamos que em muitas propriedades, as férias do gerente são no mês de julho, devido à facilidade do proprietário assumir a responsabilidade neste período. Outra função do planejamento é não sobrecarregar a folha com vários pagamentos de férias ou parcelas de 13o salário num mesmo mês.

Muito importante também é o bem estar da família. Quando o funcionário sente sua família amparada, trabalha com todo seu potencial voltado para suas obrigações, desempenhando muito melhor seu serviço.

É sempre bom lembrar que um trabalhador motivado, que participa do sistema produtivo com idéias e sugestões e que percebe sua influência nos incrementos na produtividade, vai se engajar no processo, não elegendo o salário como prioritário.

A capacitação do empregado rural pode ser efetuada tanto em serviço como pela utilização de treinamentos formais. Estudos desenvolvidos pela UFLA (Universidade Federal de Lavras) mostraram que empresários motivados para o treinamento de seus funcionários são também os mais eficientes nas explorações de suas empresas rurais.

********

Colaboração: Lucila Carvalho Dias Junqueira

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress