Competência administrativa
23 de maio de 2000
Considerações sobre o PIB brasileiro
9 de junho de 2000

Mercado Competitivo

Caio Junqueira Filho

A pulverização da produção em milhares de produtores faz com que a rentabilidade tenda a zero. Este conceito é conhecido como “treadmill”.

A agropecuária é um exemplo deste conceito, pois se trabalha num mercado de concorrência perfeita. Este mercado é composto por um grande número de produtores, os quais não detém o poder de influenciar no preço do produto. O maior produtor de boi não consegue afetar o preço da arroba, seja segurando seu boi no pasto, seja colocando toda sua boiada no frigorífico.

Neste contexto surge a tecnologia a serviço do produtor, tentando desequilibrar a concorrência perfeita do mercado. A tecnologia é um instrumento que permite a produção da mesma quantidade de um determinado produto, por um custo mais baixo. Ou de uma quantidade maior deste mesmo produto, pelo custo atual.

Produtores inovadores e eficientes do ponto de vista empresarial, os “early birds”, vêm na adoção das novas tecnologias, a possibilidade de conseguirem produzir por um custo menor, objetivando lucro. Estes produtores, gerando lucro, incentivam os demais a adotarem suas tecnologias, aumentando a disponibilidade do produto no mercado, ocasionando a queda do preço. O grande beneficiário do mercado competitivo é o consumidor. Eles recebem o beneficio de poderem pagar menos pelo produto e os “early birds” têm lucro.

O grande problema é que com a queda rápida dos preços daquele mercado, o demais produtores necessariamente tem que inovar. Tem que se buscar alternativas, agora não mais para se ter lucro, mas para se manterem na atividade. Quem não for capaz de inovar estará fora.

A pecuária é o setor produtivo que mais tende a se desenvolver. As tecnologias estão aparecendo numa velocidade incrível. São manejos diferenciados, raças sintéticas e compostas, variedades de gramíneas adaptadas aos mais diferentes tipos de solos e fertilidades, cercas elétricas, cruzamentos industriais, silagens de gramíneas, pastos irrigados por pivôs e tantos outros.

Fora da porteira, a busca de novos mercados é fundamental. Fazer o que todos já estão fazendo é correr atrás do prejuízo. Neste caso o máximo que se consegue é empatar.

A gestão empresarial é a ferramenta disponível para avaliação do agronegócio. Ela é fundamental na tomada de decisões e escolha das tecnologias capazes de levar a empresa rumo ao sucesso.

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress