Ciclone extratropical na Argentina causa tempestades e até neve no Cone Sul
16 de abril de 2024
Exportação de carne bovina tem receita maior em março mesmo com preços em queda
16 de abril de 2024

Preço do boi gordo passa a subir no mercado futuro

Uma queda de braço entre pecuaristas, que tentam segurar a oferta de gado no pasto, e os frigoríficos vinha mantendo os preços da arroba bovina sustentados no mercado físico. Agora, o movimento otimista também se estendeu aos contratos futuros. Na B3, a última semana terminou com ajustes positivos para todos os contratos do boi gordo, com o vencimento para este mês cotado a R$ 233,35 por arroba, um incremento de 0,47%.

No mercado físico, o indicador do boi gordo Cepea/B3 atingiu R$ 231,20 por arroba na sexta-feira (12/4), aumento de 0,35% na variação diária.

“A ‘batalha’ entre indústrias e pecuaristas se intensificou na última semana, no entanto, houve um desfecho um pouco melhor para os produtores de alguns Estados, devido a maior força de segurar a oferta por conta das melhores condições das pastagens”, afirmou a consultoria Agrifatto em nota, nesta segunda-feira (15/4).

Um destaque citado pela Agrifatto foi Mato Grosso do Sul, onde a cotação do gado pronto para abate registrou valorização de 0,9%, no comparativo semanal, com a arroba a R$ 222,60. Além disso, as vendas no varejo e as distribuições de carne com ossos no atacado, que começaram fracas no início da semana passada, encerraram a sexta-feira com uma melhora.

“Ainda assim, apenas o preço do dianteiro foi ajustado positivamente durante a semana e agora está cotado a R$ 14,50 por quilo, enquanto o traseiro do boi castrado sofreu uma queda de R$ 0,40 por quilo em comparação com a semana anterior, ficando cotado a R$ 16,70 por quilo”, ressaltou a consultoria.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress