O que faz a carne bovina do Brasil ser apreciada? Um teste às cegas revelou
3 de julho de 2024
Governo Federal lança Plano Safra 24/25 com R$ 400,59 bilhões para agricultura empresarial
4 de julho de 2024

Preço do boi gordo se mantém firme

O mercado físico do boi gordo está equilibrado na maioria das regiões de produção pecuária, mas com viés positivo em alguns Estados, a depender do nível de oferta de gado.

“Com o avanço da entressafra, a oferta de bovinos terminados em pasto está mais cadenciada, contudo, a saída da boiada terminada do primeiro giro do confinamento, e demais bovinos provenientes de sistemas de semiconfinamento, têm permitido ainda que as indústrias frigoríficas tenham uma escala de abate confortável, ditando a estabilidade do mercado”, explicou a Scot Consultoria.

Em São Paulo, o preço bruto do boi gordo permaneceu cotado em R$ 220 por arroba a prazo, na variação diária, conforme dados da Scot.

Já no norte de Minas Gerais, houve aumento de R$ 5 por arroba, para R$ 205 por arroba a prazo, com frigoríficos elevando os valores pagos pelo gado para garantir o cumprimento das escalas de abate.

Também houve alta nas cotações em Dourados (MS), Três Lagoas (MS) e Cuiabá (MT), por exemplo.

“Enquanto a frente fria acomete algumas regiões do país, o mercado físico do boi gordo permanece ‘quente'”, acrescentou a consultoria Agrifatto. O inverno e o clima seco reduzem a qualidade das pastagens e a oferta de animais.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress