reforma tributária
Lula quer taxar carnes? Entenda o que muda com a reforma tributária
1 de julho de 2024
Mercado de carnes se mostra atípico para o Uruguai
1 de julho de 2024

Relação de troca do boi gordo com o milho piora em junho

O poder de compra do pecuarista em relação ao milho, insumo usado para alimentação dos animais, piorou em junho, segundo levantamento da Scot Consultoria. Em Campinas (SP), a saca de 60 quilos de milho ficou cotada em média em R$ 58,31 neste mês, sem o frete. Nessa cotação, compram-se 3,7 sacas de milho com uma arroba de boi gordo, queda de 3,2% em relação ao mês anterior.

Em 12 meses, a relação está 15,3% pior para o pecuarista. Em junho de 2023, o criador de gado comprava 4,3 sacas de milho com uma arroba de boi gordo.

No Estado de São Paulo, segundo a Scot, após uma semana de preços reagindo e com escalas de abate preenchidas, o mercado abriu estável hoje. No entanto, a oferta de bovinos está em declínio, o que deverá influenciar positivamente as cotações futuras. Em Barretos e Araçatuba, a arroba do boi gordo está cotada a R$ 218,76, alta de R$ 0,32 em relação ao dia anterior.

De acordo com Scot Consultoria, a maior alta nesta sexta-feira foi registrada no oeste da Bahia, onde a arroba do boi gordo subiu R$ 1,37, para R$ 198,83. Já a baixa mais forte ocorreu em Paragominas, no Pará, onde a cotação da arroba caiu para R$ 212, uma redução diária de R$ 1,30.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress