Fundo sofre com queda do boi gordo
13 de fevereiro de 2001
OMC ainda não foi acionado por brasileiros
15 de fevereiro de 2001

Técnico americano considera desleal atitude do Canadá

O diretor da multinacional Dow Agrosciences, o norte-americano Thomas Wiltrout, considera infundada a denúncia feita pelo Canadá sobre a existência de focos da vaca louca no Brasil. O executivo está em Cascavel participando da 13ª edição do Show Rural Coopavel onde sua empresa está apresentando algumas novidades no ramo de sementes. É o que informa reportagem de Gilmar Agassi, publicada hoje na Folha de Londrina.

Para Thomas, a prática canadense foi desleal e não consta nos manuais de relações comerciais bilaterais. Ele acrescenta que nessas situações, os governos são conservadores e aproveitam para induzir a população que é leiga no assunto. ”Qualquer país reagiria como o Brasil, com o tempo ficará tudo esclarecido e provado que o Brasil tem razão”, completa o executivo.

Para o executivo, ”o Brasil tem um potencial extraordinário, sendo uma das principais potências agrícolas do mundo e que deverá crescer ainda mais nos próximos anos”.

Esta é a primeira vez que Thomas Wiltrout participa do Show Rural. Ele diz estar impressionado com os produtos apresentados. ”A competitividade em termos de novidades e grau de evolução técnica é bastante semelhante”, ressalta.

Por Gilmar Agassi, para Folha de Londrina, 14/02/01

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress