Cresce a lista de itens proibidos na EU
30 de janeiro de 2001
Purina Mills confirma problemas em rações nos EUA
1 de fevereiro de 2001

Argentina sofre baixa do preço da cota Hilton

Os preços dos cortes de carne bovina de alta qualidade da cota Hilton caíram quase 50% no último trimestre, até chegar no valor entre US$4 mil e US$4,5 mil por tonelada, segundo informou a Câmara da Indústria e Comércio de Carnes e Derivados.

Em outubro do 2000, o preço da tonelada dos cortes Hilton estava em torno de US$8 mil, ou seja, os preços de hoje caíram de fato quase pela metade, fato justificado pelos casos da doença da vaca louca na Europa.

Para as indústrias argentinas, é necessário fazer uma intensa campanha de divulgação das carnes do país, que estão livres dessa enfermidade, entre os consumidores europeus (especialmente os alemães).

As exportações de carne de primeira qualidade da denominada cota Hilton não podem superar, no caso da Argentina, as 28 mil toneladas anuais. Os preços atuais dos cortes Hilton atentam contra a saúde financeira das empresas argentinas exportadoras de carnes, já que ao vender 14% do animal (o que corresponde aos cortes de qualidade) a US$4 mil/tonelada, há perdas econômicas. Segundo informativo da câmara industrial, nos 10 primeiros meses do ano 2000 as exportações de carnes argentinas de qualidade totalizaram 177.184 toneladas, no valor de US$539 milhões.

fonte: PortalAgro, por Equipe BeefPoint

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress