Argentina mantém programa de vacinação total do rebanho
23 de maio de 2001
EUA comemoram feriado consumindo mais carne
25 de maio de 2001

Decreto revoga taxação sobre exportações de couro

Começou a vigorar ontem o decreto presidencial 3.821, que e revoga a taxação de 9% sobre as exportações de couros salgados e ‘wet blue’ (pré-curtido), imposta pelo decreto 3.684, de 7 de dezembro de 2000.

A taxação era uma reivindicação do setor calçadista, sob a alegação de que era preciso neutralizar o sistema de escalada tarifária da União Européia, que facilita a entrada de couros crus, e tributa fortemente importações de couros semi-acabados, acabados e calçados. Na opinião da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o governo estava retirando renda dos pecuaristas, transferindo-a para outros segmentos, como o setor calçadista.

Apesar da taxação, as exportações de couros crus aumentaram no primeiro bimestre do ano, em relação ao mesmo período de 2000. De acordo com dados da CNA, as exportações de couros salgados passaram de US$ 275 mil, em janeiro e fevereiro de 2000, para US$ 685 mil, no primeiro bimestre deste ano. As exportações de couros ‘wet blue’ aumentaram 13,8%, passando de US$ 65 milhões no primeiro bimestre de 2000 para US$ 74 milhões nesse mesmo período do ano de 2001. Técnicos da CNA atribuem esses valores à crise enfrentada na Europa, com a febre aftosa e Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB).

fonte: Gazeta Mercantil (por Ayr Aliski), adaptado por Equipe BeefPoint

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress