Pecuária se defronta com rastreabilidade do animal
29 de maio de 2024
Preço do boi gordo fica estável na maioria das regiões do país
29 de maio de 2024

Frigoríficos paulistas agora podem aderir ao Sisbi

Os frigoríficos paulistas fiscalizados pelo Serviço de Inspeção de São Paulo (Sisp) poderão aderir ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) e comercializar seus produtos para todo o país, além do Estado de São Paulo.

Na última quinta (23/5), a Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA), através do Centro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cipoa), recebeu o despacho decisório do Departamento de Suporte e Normas do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) sobre a ampliação de escopo para atuação na área de abatedouro frigorífico.

Para João Gustavo Loureiro, médico-veterinário e diretor do Cipoa, a conquista é resultado das melhorias e modernizações que vêm sendo implantadas na Defesa Agropecuária e no Sisp.

“Após a equivalência, nos faltavam alguns ajustes para inclusão no escopo do abate, para que pudéssemos incluir os frigoríficos. São estabelecimentos responsáveis por mais de 15 mil empregos diretos no Estado e pelo abastecimento de proteína em grandíssima quantidade e qualidade, com a carne bovina, suína, ovina e de aves para nossa população”, disse o diretor, em nota.

A equivalência do sistema estadual ao Sisbi foi reconhecida em portaria publicada em 18 de março pelo Mapa.

Os municípios onde se localizam os frigoríficos devem estabelecer convênio com o governo do Estado de São Paulo para atuarem na inspeção permanente desses frigoríficos.

Fonte: Globo Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress