Foco de aftosa prejudica exportações do RS
9 de maio de 2001
Hoffman exige respeito com o Rio Grande do Sul
11 de maio de 2001

Zonta afirma que o Circuito Sul acabou

Ao tomar conhecimento da decisão do ministro da Agricultura, Marcus Vinicius Pratini de Moraes, determinando a vacinação contra a febre aftosa em todo o Rio Grande do Sul, o secretário de Estado da Agricultura de Santa Catarina, Odacir Zonta afirmou que o Circuito Pecuário Sul estaria automaticamente separado. A vacinação do rebanho gaúcho seria feita, inicialmente, apenas nos 25 municípios da fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina e Uruguai, que formavam a zona tampão.

Segundo Zonta, enquanto persistir a diferença entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o Circuito Pecuário Sul fica separado. “A partir de agora, não pode haver dois tratamentos dentro do mesmo circuito”, disse. O secretário disse estar preocupado com a concordância do estado em vacinar todo o rebanho. O temor é que Santa Catarina perca mercados conquistados a duras penas, como o da Rússia. O Estado tem 2,7 milhões de cabeças de bovinos e 4,8 milhões de suínos.

O secretário mantém a decisão de não vacinar, mas admite uma mudança de postura em relação ao rifle sanitário (sacrifício dos animais), abatendo somente os animais doentes e preservando os demais. Seria feita uma vacinação de fora para dentro do foco, o que resultaria na perda do status de zona livre por 90 dias, e não por três anos, como deve acontecer com o Rio Grande do Sul. “A partir do momento que o governo agora volta a vacinar, sob a égide de um foco, e vacina todo Estado, ele não vai mais acompanhar o Paraná ou São Paulo na obtenção do certificado internacional de zona livre sem vacinação. Terá que fazer a vacinação nos três anos, para depois ser declarado de novo área livre sem vacinação e daí, em um ano, encaminhar o processo. Então, no mínimo, levará três anos, enquanto Paraná e São Paulo, no ano que vem, já devem encaminhar o seu pedido. Daí Santa Catarina estaria junto nesse rol”, explicou Zonta.

fonte: Diário Catarinense (por Silvia Quevedo), adaptado por Equipe BeefPoint

Os comentários estão encerrados.

plugins premium WordPress